fbpx
segunda-feira, outubro 3, 2022
spot_img
InícioMarketing DigitalEntenda o conceito de Marketing 5.0 lançado por Philip Kotler

Entenda o conceito de Marketing 5.0 lançado por Philip Kotler

Entenda o conceito e como começar a usar quanto antes o Marketing 5.0 no seu negócio.

Philip Kotler é conhecido como o pai do marketing e tal título não é para menos. O Wall Street Journal o classifica como um dos seis pensadores de negócios mais influentes. Ele recebeu vários prêmios e títulos honoríficos de escolas de todo o mundo. Philip tem uma presença internacional incrível e seus livros foram traduzidos para mais de 25 idiomas.

livros do kotler

Segundo ele, devido à pandemia, o marketing passa a caminhar lado a lado com a inovação. Kotler chamou este conceito de “Ready to Change” – Pronto para Mudar.

Nesse cenário, as empresas precisam praticar a criatividade e a experimentação para sobreviver em um mercado cada vez mais mutante.

pai do Marketing Moderno tem uma vasta obra acadêmica sobre o assunto, incluindo o estudo em que descreve as “Fases do Marketing”. Cada uma dessas fases envolve um contexto histórico, uma realidade cultural, social, de mercado e tudo o mais. Tudo isso temperado com as transformações dos hábitos, costumes e culturas da sociedade.

São 5 fases do Marketing.

Isso, 5! Você que já conhece as famosas “4 fases do marketing” não leu errado!

Kotler lançou, no início de 2021, o livro: “Marketing 5.0: Technology for Humanity”.

Não está sabendo? Então vou te contar!

O que é marketing 5.0?

Na obra, Kotler, Hermawan Kartajaya – fundador e presidente executivo da MarkPlus e Iwan Setiawan – CEO da MarkPlus – explicam como os profissionais podem acompanhar os avanços tecnológicos, a mudança no comportamento do cliente e os novos modelos de negócios. 

Os autores definem o Marketing 5.0 como “a aplicação de tecnologias que imitam o ser humano para criar, comunicar, entregar e aumentar o valor em toda a jornada do cliente”. 

No livro aborda os principais desafios que os profissionais de marketing enfrentam hoje: avanços tecnológicos dramáticos, mudanças no comportamento do cliente e mudanças nos modelos de negócios. Atualmente, temos cinco gerações diferentes, dos Baby Boomers à Geração Alpha, dando aos profissionais de marketing diferentes desafios para direcionar e atender clientes com expectativas, valores e conhecimentos de tecnologia distintos.

“No marketing 5.0 queremos reconhecer as novas ferramentas digitais que os profissionais de marketing usarão cada vez mais. Inteligência artificial (IA) e algoritmos, automação de marketing, robótica, sensores e Internet das Coisas, realidade virtual e aumentada, processamento de linguagem natural (Siri, Alexa), chatboxes, neuromarketing e ciência cerebral. (kotler, 2020)

O marketing levou cerca de 70 anos para alcançar o marketing centrado no ser humano. A próxima fase, de acordo com Philip Kotler, é a transformação do marketing tradicional para o digital, onde tanto o offline quanto o online coexistiam com uma abordagem omnichanel.

A tecnologia deve seguir a estratégia e os humanos devem trabalhar em simbiose com as novas tecnologias, utilizando a melhor alavancagem e vantagens de ambas.

Philip Kotler na Staage

As fases do marketing

Marketing 1.0: foco no produto

Na era Industrial, o foco era no produto e o objetivo era apenas de vender, vender, vender e ganhar escala. As empresas concentram seus esforços no desenvolvimento e vendas de produtos e no funcionamento interno. Isto é, o marketing antigo centrado em produtos, fazendo qualquer coisa para obter uma venda.

Marketing 2.0: um olhar para o consumidor

Com o início de uma era voltada para a tecnologia da informação, a sociedade começa a ter acesso a mais informação e possibilidade de escolha. Isso gera uma mudança no posicionamento corporativo e um primeiro olhar para as necessidades e desejos dos clientes para gerir suas demandas. Nessa fase, reconhece como os consumidores tomam decisões, sendo emocionalmente na maioria das vezes.

Marketing 3.0: marketing de valores

A internet agora é a protagonista! A comunidade agora migra para o digital e passa a ter voz nos sites e blogs. O marketing se reinventa e começa a solucionar problemas da sociedade. Ou seja, é a era de “fazer do mundo um lugar melhor”, onde a missão e visão organizacional passam a ter peso corporativo.

Mais do que buscar produtos e serviços, a sociedade passa a demandar compromissos – sejam eles de âmbito social, ambiental ou cultural. Nessa fase, os profissionais de marketing querem criar, comunicar e entregar valor que melhore a vida, a felicidade e o bem-estar dos clientes, funcionários, parceiros e comunidades. Ou seja, não há mais a percepção de um indivíduo limitado a necessidades fisiológicas e sim um ser humano constituído de mente, coração e espírito.

Marketing 4.0: informação e conexão

Também conhecida como fase do Marketing Digital, esta atualização engloba uma realidade de hiperconectividade e economia digital. Compreender o usuário hiperconectado foi a chave para deixar a comunicação mais inclusiva e assertiva. Aqui já sabemos não só o comportamento do segmento de mercado, mas até mesmo o comportamento de cada indivíduo dentro do segmento.

Nessa fase descreve como a revolução digital mudou completamente o marketing. Sendo assim, as empresas percebem que precisam estar no ambiente digital e se valer do uso de pesquisa de dados para se conectar e construir um relacionamento com seu público.

Marketing 5.0: humanização

Entramos na era do pós-digital, onde a maior necessidade é humanizar e integrar todos os canais (online e offline), para que eles fluam em perfeita harmonia.

Vale ressaltar que uma fase não se sobrepõe completamente a outra. Porém, o ideal é que as empresas se atualizem e, gradativamente, busquem se aprimorar para estar em sintonia com as novas demandas. Ou seja, quanto mais adaptado ao momento destas fases evolutivas, maiores serão as chances de conquistar o sucesso de seus objetivos organizacionais.

Tendências do marketing 5.0

Em uma nova era, quando os profissionais de marketing estão lutando com a transformação digital dos negócios e a mudança de comportamento dos clientes, o mais recente livro do Kotler fornece aos profissionais de marketing uma maneira de integrar a evolução tecnológica e do modelo de negócios com as mudanças dramáticas no comportamento do consumidor que aconteceram na última década, e principalmente durante a pandemia global do último ano.

No Marketing 5.0, Philip Kotler, explica como os profissionais de marketing podem usar a tecnologia para atender às necessidades dos clientes e fazer a diferença no mundo. 

Marketing preditivo, marketing contextual e marketing aumentado. Essas três tendências do marketing digital são a arquitetura necessária para criar a tecnologia e a simbiose humana que leva a uma melhor experiência do cliente em cada ponto de contato.

Entenda quais são essas tendências e aplique em seu negócio de forma prática. 

Marketing Preditivo

A capacidade de antecipar e projetar o comportamento do mercado de modo a, proativamente, influenciá-lo. Desse modo, é possível detectar quais serão as ações para cada cliente, além de prever o sucesso de produtos alcançados no mercado, e prever se a campanha de marketing dará certo ao ser implementada Isto é: no Marketing Preditivo permite que as empresas imaginem como o mercado responderá e o influenciará.

Marketing Contextual

Quando falam em Marketing Contextual, os autores se referem a experiências contextuais que transcendem barreiras digitais ou físicas. Ou seja, a capacidade de identificar e oferecer aos consumidores interações personalizadas ao contexto do cliente em ambientes simultaneamente físicos e digitais, utilizando a inteligência artificial (IA) para prever entregas e personalizar respostas aos usuários. 

Marketing Aumentado 

Capacidade que as tecnologias digitais oferecem de aumentar a produtividade através de chatbots, por exemplo. O resultado aqui é a velocidade combinada com a “conveniência da interface digital com o calor e a empatia de pontos de contato centrados no ser humano”. Neste contexto, existe a nutrição desses leads através de conteúdos educacionais e o direcionamento deles até o fundo do funil de vendas.

O Marketing 5.0 promete revigorar o campo do marketing com recomendações acionáveis e percepções exclusivas, além de mostrar que a tecnologia é imprescindível não apenas de maneira externa – para realizar a manutenção da relação cliente e empresa -, mas também de modo interno garantindo informações em tempo real para as tomadas de decisões ágeis, precisas e embasadas em dados que preveem resultados das ações de marketing.

Hoje existem 5 fases do marketing, porém, certamente novas fases virão à medida que a sociedade e seus hábitos de consumo se transformam.

Se por um lado a pandemia da Covid-19 provocou transformações significativas no marketing digital, por outro reforçou a relevância do Marketing 5.0. Mas não podemos esquecer que a pandemia em algum momento será controlada e as mudanças provocadas pelo vírus no ambiente pessoal e no mercado se manterão, configurando o que alguns chamam de “um novo normal”.

A tecnologia e o marketing deram um boom durante a pandemia e aquele cenário anterior não retornará. Por isso, se adaptar aos novos desafios é imprescindível.

Quer uma dica? Esteja atento aos valores que sua empresa transmite nos produtos, serviços e marca. Os consumidores com certeza estarão atentos.

E aí? Você ou sua empresa está pronto para o Marketing 5.0?

Essa semana, teremos uma novidade na plataforma. Você arrisca dizer quem vai estrear com sua aula na Staage? 🎬

Você ainda não é um Staager? Então, clique no link abaixo e transforme sua vida com o marketing digital de maneira prática, acessível, em um único lugar e com as melhores referências no assunto, como o Kotler – o papa do marketing.

https://staage.com/

Nos vemos do outro lado. 🚀

MAIS LIDAS