fbpx
segunda-feira, outubro 3, 2022
spot_img
InícioMarketing DigitalStorytelling - O que é e como criar histórias inesquecíveis?

Storytelling – O que é e como criar histórias inesquecíveis?

Era uma vez um garotinho da 3ª série chamado Arthur. Ele tinha 8 anos e era incrivelmente inteligente, mas tinha dificuldade em memorizar as coisas. Por mais que tentasse, ele simplesmente não conseguia lembrar do nome de todos os planetas do sistema solar. Um dia, sua professora teve uma ideia genial para ajudar Arthur: contar uma história sobre os planetas.

A história era sobre como o sol estava solitário e Mercúrio era seu primeiro amigo. Como Mercúrio se apaixonou perdidamente por Vênus e como o planeta Terra ficou com ciúmes. Como você pode imaginar, depois de ouvir a história, Arthur foi capaz de se lembrar de todos os planetas na ordem certa. Porquê? Por causa da arte de contar histórias. Agora, Arthur consegue lembrar da história e com isso, memorizar a ordem e o nome dos planetas.

O que é Storytelling?

Desde os primórdios, nós, seres humanos, somos apaixonados por histórias. Antes que as pessoas aprendessem a escrever, elas contavam histórias umas às outras. É por isso que Arthur, da história acima, se lembrou dos planetas. Afinal, sempre foi e sempre será uma arte que une pessoas, provoca emoções e torna o aprendizado algo que não só desperta o interesse, mas permanece na memória.

Acontece que, nos dias de hoje, essa técnica milenar ganhou o bonito nome de storytelling. Uum termo em inglês que traduzido “Story” significa história e “telling”, contar, ou seja, contar histórias. Então, podemos resumir que storytelling é contar uma história com um começo, um meio e um fim? Não, é importante saber, no entanto, que a definição de storytelling vai muito além do “era uma vez” ou da “arte de contar história”. 

Storytelling trata-se de usar histórias para envolver seu público ou para tornar algo mais claro. 

É por isso que os pais contam histórias aos filhos. É por isso que gostamos de ver filmes e ler livros. A verdade é que as pessoas adoram histórias.

Então, como contar grandes histórias ou, mais precisamente, como transformar sua paixão, sua mensagem e sua visão em uma grande história?

Mas, porque o Storytelling é importante para sua marca? 

Porque é o que torna sua marca significativa. É o material inspirador, as postagens bem pensadas do Instagram, o design do site e um vídeo atraente.

O storytelling é uma estratégia de escrita que cria uma conexão direta e individual entre uma marca e seu potencial cliente. Por meio dela, ativa emoções, sentimentos, compartilha valores e lança incentivos capazes de influenciar positivamente suas opiniões.

Histórias convincentes envolvem os consumidores e fomentam a lealdade, construindo um relacionamento significativo que vai muito além do produto e do serviço.

Se você ainda não descobriu como contar a história da sua marca, está perdendo o enorme potencial de aumento de, pois a narrativa certa da marca tem o poder de aumentar muito o valor do produto/serviço da sua empresa.

Como contar boas histórias? 

Storytelling não significa inventar uma história da carochinha, mas sim utilizar algumas técnicas para produzir materiais mais interessantes e que solucionem as dores das suas personas.

Quanto mais verdade e transparência você passar em seus conteúdos, mais engajamento eles podem conseguir. Por isso, para contar boas histórias se conecte com quem está lendo, emocione, faça rir e chorar, traga lembranças e memórias da infância, de momentos marcantes na vida das pessoas.

Em uma entrevista que fizemos para o LinkedIn da Staage com o Murillo Leal, especialista em Storytelling e Top Voice LinkedIn, perguntamos como construir histórias interessantes e ele respondeu o seguinte:

Uma história interessante tem que ter alguns elementos. Alguns deles são fundamentais para que uma história se torne importante ou interessante para alguém. Histórias interessantes são aquelas que os personagens se identificam com a realidade, embora nem sempre sejam reais os fatos. Todo ser humano precisa se identificar com algo e é isso que as histórias fazem. Histórias interessantes são feitas de alguns elementos: verdade ou a verossimilhança, conflito que prenda a atenção, e personagens interessantes não há história sem isso”.

Você pode usar esta fórmula a seguir quando for construir o storytelling da sua marca:

Engajamento

No começo da história você precisa dar o contexto dela e envolver o leitor. É o famoso “era uma vez”. Aqui, entra a apresentação do personagem, o lugar onde tudo se passa e as demais amarras da história.

Conflito

Depois da parte inicial, vem a hora do conflito, o primeiro momento em que algo acontece na história. É um novo desafio na vida do personagem, algo que o faz questionar o que vinha fazendo até então.

Tensão

A tensão é o clímax da história, algo que serve de gatilho emocional e faz o leitor continuar atento. É como se fosse o desenrolar do conflito.

Resolução e fechamento  

Esse é o momento em que o personagem encontra as respostas para as questões que apareceram ao decorrer da história. O leitor, depois de acompanhar ansiosamente a jornada do nosso herói, finalmente, pode respirar um pouco mais aliviado.  

Podemos ver essa fórmula se repetir em vários exemplos de storytelling aplicados no marketing 

Exemplos de Storytelling

Häagen-Dazs

No livro “The Emperor of Ice Cream: The true story of Häagen-Dazs”, Rose, esposa do criador do sorvete, explicou que antes de serem um sucesso, o casal já vendia a sobremesa nos arredores de Nova York. Porém, fizeram uma melhoria em sua receita e precisaram convencer seus compradores que seu preço agora seria maior.

Qual foi a estratégia? Mudar o nome do sorvete de Senator Frozen, para Häagen-Dazs, que possui origem dinamarquesa, alegando que agora eles não mais faziam, e sim, importavam o produto. A história, como já é sabido, deu certo, porém, esbarra em questões éticas. 

O estrangeirismo é um dos recursos do storytelling. Quantas pizzarias você já viu com nomes italianos? O público-alvo tende a enxergar produtos estrangeiros como exóticos, exclusivos e mais interessantes. Mas, não caia nessa: inventar histórias que não condizem com a verdade nunca é a melhor estratégia.

Airbnb

O storytelling está no coração do marketing da Airbnb. Sua mensagem é centrada na hospitalidade, aproveitando os desejos dos turistas por experiências.

O storytelling escolhido pela Airbnb são vários posts e spots da vida de seus anfitriões, mostrando aos viajantes quais as experiências e sensações poderão experimentar em tais locais. 

Itaú

Para promover o programa Itaú Criança, a marca usou o storytelling. O vídeo remete-se à clássica história do Rei Arthur, onde quem tira uma espada cravada na pedra é coroado rei. 

Na publicidade, quem consegue é o pai de uma criança, transportado à história pela imaginação dela. 

O filme tem duração de 3 minutos e foi rodado em um castelo real do século XIV da República Tcheca com mais de 70 atores e figurantes locais.

Vale a pena assistir e ver esse storytelling, na prática:

Esses exemplos de sucesso de storytelling misturam diversas técnicas e estratégias, como a clássica jornada do herói, também chamado de monomito. Esse conceito apresenta uma sequência cíclica de fatos que desenvolvem empatia, por parte dos leitores, com o personagem principal (ou herói). 

Esse modelo foi concebido em 1949, após Joseph Campbell ter percebido esse padrão em narrativas famosas como as de Buddah, Cristo e Moisés. Contudo, também é possível perceber o monomito em contextos atuais como o de Star Wars, Harry Potter, O Senhor dos Anéis, Matrix e muitas outras produções.

A Pixar, empresa de animação digital norte-americana pertencente a The Walt Disney Company, também é um ótimo benchmark para escrever histórias, como nos filmes que provavelmente você já assistiu e lembra das histórias: “Toy Story”, “Monstros S.A”, “Procurando Nemo”, “Os Incríveis”, “Ratatouille”, “WALL•E”, “Up – Altas Aventuras”, “Divertida Mente”, “Viva: A Vida É uma Festa”, “Soul” e muitos outros.

storytelling pixar

Eles compartilham um pouco do seu know-how em storytelling nesse incrível slide!

Você já conheceu uma pessoa que não gostasse de ouvir, ler ou assistir histórias? Seja em filmes, livros ou, mais recentemente, podcasts e plataformas de streaming, o ser humano se encanta e se prende por boas narrativas. Esse é o maior motivo para você começar a contar a sua história ou da sua empresa agora mesmo.

Com aulas exclusivas com especialistas do marketing digital, a Staage está aqui para te ajudar a contar sua história de maneira convincente, gerando emoções que envolvem os consumidores e construindo relacionamentos significativos que vai muito além de vender.

Conheça a Staage e leve seu negócio para o próximo nível.

MAIS LIDAS