fbpx
domingo, novembro 28, 2021
spot_img
InícioRedes SociaisDicas para vender mais com suas redes sociais na Black Friday

Dicas para vender mais com suas redes sociais na Black Friday

Já estamos na semana da Black Friday 2021 e a pergunta que tenho para te fazer é: como você está usando as redes sociais a favor do seu negócio nesta Black Friday?

Fazendo uma breve retrospectiva da Black Friday 2020, segundo levantamento da Neotrust/Compre&Confie, as vendas passaram de R$ 5 bilhões, representando um volume 31% maior do que o mesmo período de 2019.

Outra pesquisa realizada pela Shareablee voltada para Black Friday e redes sociais, publicada na ComScore, mostrou que em 2020 as grandes marcas de varejo geraram mais de 1,4 milhão de ações em engajamento no dia da Black Friday 2020, um resultado 6% maior que o do ano anterior. Esse número é calculado a partir da soma de ações como reações, comentários, compartilhamentos, retweets e curtidas. 

A rede social que levou o maior share de ações foi o Instagram (78%), seguido pelo Facebook (16%) e Twitter (6%). Comparado com 2019, o engajamento do Instagram cresceu 13%. 

Porquê usar as redes sociais na Black Friday?

Contra dados, não há argumentos. As redes sociais durante a Black Friday cumprem um papel muito importante, afinal, é lá que a maioria dos consumidores está atualmente. Se você criar conteúdos realmente relevantes poderá se conectar com clientes atuais e atrair novos, tornar a marca conhecida e respeitada, dentre várias outras vantagens que a rede social proporciona.

A Staage, como uma especialista em marketing digital e com uma trilha de conteúdo só sobre mídias sociais na plataforma, reuniu as principais dicas que estamos usando em nossa Black Friday. 

Já anota essas dicas e corre para a rede social do seu negócio para aplicar quanto antes na sua estratégia.  

1. Prepare seus perfis de mídia social

Ao planejar sua estratégia de mídia social, é sempre bom começar com seus perfis. Coordene suas contas de mídia social para garantir que todas as fotos de perfil, banners, biografias, descrições e links correspondam com a identidade escolhida para a campanha Black Friday. 

Aqui estão algumas ideias de otimização:

– As fotos de capa e perfil são as primeiras coisas que as pessoas notam em seus perfis de mídia social. Crie um personalizado para cada um de seus perfis para promover sua venda.

-Atualize sua biografia ou botão de call-to-action com o link direto para sua página de destino dedicada da Black Friday. Além do reconhecimento da marca, otimizar sua biografia pode ajudar no SEO e aumentar as chances de os usuários encontrarem você. Pesquise as palavras-chave de sua marca e do setor e certifique-se de usá-las em seu perfil.

2. Crie um senso de urgência

corra-vlack friday

A maioria dos compradores tem um senso natural de urgência durante a Black Friday, mas isso não significa que você não pode aplicar um pouco de FOMO (medo de perder) em suas campanhas de mídia social.

Publique uma prévia do que está por vir, adicione cronômetros e recursos visuais que desperte no usuário a urgência de compra.

Uma maneira simples, mas eficaz de criar um senso de urgência é espalhar palavras relacionadas ao tempo ou à escassez em todo o seu conteúdo de mídia social. Palavras como “hoje” ou “agora” levam as pessoas a pensar que algo está com oferta limitada e incentivam os consumidores a agir imediatamente, como:

  • Compre agora;
  • Tempo limitado;
  • Economize hoje;
  • Poucas vagas;
  • Não perca;
  • Só hoje.

Dica: não exagere! Os compradores podem rapidamente se tornar imunes a um fluxo das chamadas ofertas por tempo limitado. Moderação é a chave do sucesso aqui. Teste algumas frases de chamariz e veja o que funciona para você, em vez de bombardear seu público com constantes discursos de vendas.

3. Publique todos os dias durante sua companha de Black Friday

Não espere que as pessoas visitem seu site e descubram por conta própria sobre sua promoção especial da Black Friday. Você precisa ter certeza de que está falando sobre sua oferta para que as pessoas saibam que ela está disponível. 

Então, apareça diariamente nas redes sociais enquanto sua oferta estiver no ar. Isso aumenta a probabilidade de fazer mais conversões.

4. Aproveite o poder das emoções

Os humanos são seres inerentemente emocionais. Gostam de sentir e, quando o fazem, também gostam de partilhar os sentimentos com a família e amigos nas redes sociais.

Incorpore as emoções ao conteúdo de suas postagens para chamar a atenção. 

5. Use o humor a seu favor

O humor chama a atenção, principalmente nas redes sociais. “As piadas funcionam porque desafiam. A reviravolta inesperada de uma história ativa os lobos frontais do cérebro, fazendo as reações mudarem de racionais para emocionais.

Como o humor na publicidade é um artifício inesperado, seu uso é relevante. O humor faz você esquecer o processo de venda. As piadas distraem o cérebro, tornando-o menos resistente à influência.

6. Planeje e programe suas postagens

Por que um estúdio de cinema solta fotos, notícias e trailers de um filme antes da estreia?

Simples: para gerar curiosidade e deixar o público ansioso para assistir ao lançamento antes mesmo dele estar disponível no mercado.

Crie conteúdo estimulando a curiosidade e o interesse dos consumidores para o que está por vir. Você pode soltar discas, incentivando que eles tentem descobrir o que entrará nas ofertas; pode perguntar a eles o que eles gostariam de ver na promoção; ou até mesmo criar descontos diferentes e graduais, conforme o nível de relacionamento que ele tem com sua marca.

No mundo acelerado das mídias sociais, tempo é dinheiro. Por isso, comece cedo, planeje sua campanha e crie suas publicações com bastante antecedência.

7. Não enrole o consumidor

É fundamental detalhar as informações do produto, sem aquelas enrolações de “se quiser saber o preço, chama no direct”. Além de ser completamente desagradável forçar o consumidor a enviar mensagens privadas questionando o valor, a prática é também contra a legislação brasileira. Segundo a Lei 10962/04 de 11 de outubro de 2004 é direito do consumidor ter a informação do preço à vista e legível em um produto anunciado online.

No Instagram, por exemplo, o recurso Instagram Shopping é o mais indicado. Além de permitir o tagueamento do valor ele facilita o redirecionamento do cliente para a loja virtual, facilitando a finalização da compra. 

Quanto mais direto você for, maior a possibilidade do cliente finalizar a compra. 

Para ele desistir por causa dos obstáculos que pode ter no meio do caminho é muito fácil, e não é isso que a gente quer. Facilitar sempre as informações para os clientes é um grande diferencial.

8.  Aposte em influenciadores digitais

Ninguém faz nada sozinho, por isso é válido analisar a possibilidade de parcerias com os famosos influenciadores digitais – celebridades ou subcelebridades com milhares de seguidores e que trabalham com o chamado marketing de influência.

9. Revise suas estatísticas para se preparar para o próximo ano

E, finalmente, quando a Black Friday chega ao fim, é essencial revisar suas estatísticas para ver o que funcionou e o que não funcionou. 

Sua oferta funcionou tão bem quanto você esperava? Um produto ou serviço vendeu melhor do que outro? E como seu público respondeu aos diferentes tipos de postagens de mídia social da Black Friday? Se você percebeu que uma plataforma ganhou mais força do que outra ou que um determinado tipo de postagem gerou mais engajamento, você já tem um caminho traçado para as próximas campanhas.

Mão na massa!

Por fim, não se esqueça de que, embora os descontos e negócios sejam uma grande parte da Black Friday, os clientes ainda valorizam a experiência cliente. Por isso, conheça seu público, seja cristivo e priorize campanhas realmente verdadeiras que proporcionarão uma vantagem real para seu público. Não há nada pior do que um anúncio tradicional que grita “oferta, oferta, oferta”. E, mesmo se você tiver uma ótima oferta, lembre-se de que seus concorrentes também terão e gritarão bem alto nesse período.

Agora é mão na massa! Coloque essas dicas em prática – muitas delas podem ser feitas agora mesmo.  

hands-on-black friday

Quer dominar o marketing digital e se preparar não só para a Black Friday, mas para as próximas datas sazonais e para o ano de 2022? A Staage é uma plataforma de marketing digital, com aulas feitas por especialistas em seus segmentos, que você aprende, na prática, como usar as estratégias de marketing digital corretamente e ter sucesso em seu empreendimento ou profissionalmente. 

Conheça a Staage e saia na frente, não só na Black Friday, mas o ano inteiro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

MAIS LIDAS